Português English

 Informação geral  

Designação:

Engenharia Alimentar

Área de formação:

Indústrias Alimentares

Grau conferido:

Licenciatura - 1º ciclo

Duração:

3 anos letivos / 6 semestres

Departamento:

Departamento de Indústrias Alimentares (DIA)

Diretor de curso:

Paula Maria dos Reis Correia (paulacorreiaesav.ipv.pt)

Regime letivo:

Diurno

Nº de ECTS para obtenção do grau:

180 ECTS

Área científica predominante:

Ciência e Tecnologia dos Alimentos

Provas de ingresso:

Matemática (16) e Física e Química (07)    ou    Matemática (16) e Biologia e Geologia (702)

Código do estabelecimento / curso:

3185 / 9087

Pré-requisitos:

Sem pré-requisitos.

Outras informações:

Avaliação/Acreditação do Curso pela A3ES
Decisão e data da publicitação: Acreditado (6 anos) | 27-03-2015
Relatório final CAE: Relatório
Mais informação: consultar deliberação da A3ES

Relatório anual no âmbito do SIGQ
Brevemente Disponível

 

Relatório CAE no âmbito do SIGQ IPV
Relatório


Empregabilidade
Informação estatística: InfoCursos ou DGEEC

 

Curso Registado na Associação Nacional dos Engenheiros Técnicos (ANET)

  

Objetivos e competências

  • A Licenciatura em Engenharia Alimentar, visa a preparação de profissionais com capacidade para conhecer e desenvolver as potencialidades da indústria alimentar, nas suas vertentes de produção e transformação, bem como desenvolvimento e inovação quer de processos tecnológicos quer de produtos;
  • Aos conhecimentos técnico-científicos nos domínios de intervenção na industria alimentar e das aplicações em tecnologia alimentar, pretende-se associar uma formação complementar nas áreas de gestão e marketing, de forma a facilitar a integração dos licenciados no mundo empresarial ou até possibilitar a criação da sua própria empresa.
  • O engenheiro alimentar deve ter conhecimentos amplos na área da Qualidade e da Segurança, e competências adequadas à concepção, planeamento e gestão das unidades industriais. A formação nesta especialidade da engenharia privilegia o conhecimento integrado de ciência e tecnologia, possibilitando a interpretação e controlo dos fenómenos associados às modificações bioquímicas, físico-químicas e microbiológicas que afetam os alimentos, desde as matérias-primas passando pelos produtos finais, embalagem, armazenamento, indo até ao consumidor;
  • Deve estar apto para desenvolver novos produtos e novas tecnologias, otimizando os recursos disponíveis e, para tal, reduzir desperdícios, reutilizar subprodutos e aproveitar os recursos naturais. Trabalhar segundo normas técnicas de Segurança, qualidade, produtividade, higiene e preservação ambiental.

 

Saídas profissionais

  • As principais áreas de intervenção dos Licenciados em Engenharia Alimentar compreendem essencialmente empresas do sector agro-alimentar, de biotecnologia associada ao sector alimentar, agro-químico ou afins.
  • Assim, os Licenciados em Engenharia Alimentar podem desempenhar um conjunto bastante diversificado de funções, nomeadamente:
    • Empresários ou gestores de unidades agro-industriais;
    • Técnicos de laboratório de análises e controlo da qualidade dos alimentos;
    • Direção técnica/produção das unidades alimentares;
    • Prestação de serviço de apoio às empresas do sector agro-alimentar;
    • Comercialização de equipamentos e produtos alimentares;
    • Investigação e desenvolvimento;
    • Apoio à concepção e instalação de empresas do sector agro-alimentar.

 

Plano de estudos

1º Ano

 

 

 

 

 

1.º semestre

Unidades curriculares

Área científica

Duração

Horas de trabalho

Horas de contacto

ECTS

Produção Animal

Ciência Animal

Semestral

132

T -2; TP -2

5

Biofísica

Ciências Físicas

Semestral

138

T -2; TP -2

5

Química Geral

Ciências Químicas

Semestral

132

T -2; PL -2

5

Produção Agrícola

Microbiologia e Protecção de Plantas

Semestral

132

T -2; TP -2

5

Matemática

Matemática e Informática

Semestral

138

T -2; PL -2

5

Microbiologia

Microbiologia e Protecção de Plantas

Semestral

132

T -2; PL -2

5

 

 

 

 

 

 

2.º semestre

Unidades curriculares

Área científica

Duração

Horas de trabalho

Horas de contacto

ECTS

Conservação de Alimentos

Ciência e Tecnologia de Alimentos

Semestral

138

T -2; TP -2

5

Bioquímica

Ciências Químicas

Semestral

138

T -2; TP -2

5

Química Orgânica

Ciências Químicas

Semestral

132

T -2; PL -2

5

Termodinâmica e Fenómenos de Transferência

Ciências Físicas

Semestral

132

T -2; PL -2

5

Métodos Estatísticos e Informática

Matemática e Informática

Semestral

138

T -2; TP -2

5

Microbiologia Alimentar

Microbiologia e Protecção de Plantas

Semestral

132

T -2; PL -2

5

 

 

 

 

 

 

 2º Ano

 

 

 

 

 

1.º semestre

Unidades curriculares

Área científica

Duração

Horas de trabalho

Horas de contacto

ECTS

Análise Sensorial de Alimentos

Ciência e Tecnologia de Alimentos

Semestral

132

T -2; PL -2

5

Nutrição Humana

Ciências da Nutrição

Semestral

138

T -2; TP -2

5

Qualidade e Segurança Alimentar

Ciência e Tecnologia de Alimentos

Semestral

138

T -2; TP -2

5

Métodos Instrumentais de Análise I

Ciências Químicas

Semestral

132

T -2; PL -2

5

Química Alimentar I

Ciências Químicas

Semestral

132

T -2; PL -2

5

Operações Unitárias

Engenharia Industrial

Semestral

138

T -2; TP -2

5

           

2.º semestre

Unidades curriculares

Área científica

Duração

Horas de trabalho

Horas de contacto

ECTS

Gestão Empresas

Economia Agrária e Sociologia Rural

Semestral

138

T -2; TP -2

5

Tecnologia dos Produtos Hortofrutícolas

Ciência e Tecnologia de Alimentos

Semestral

108

TP -3

4

Métodos Instrumentais de Análise II

Ciências Químicas

Semestral

132

T -2; PL -2

5

Química Alimentar II

Ciências Químicas

Semestral

132

T -2; PL -2

5

Reologia Alimentar

Engenharia Industrial

Semestral

138

T -2; TP -2

5

Oficinas Tecnológicas

Ciência e Tecnologia de Alimentos

Semestral

160

OT -5

6

 

 

 

 

 

 

3º Ano

 

 

 

 

 

1.º semestre

Unidades curriculares

Área científica

Duração

Horas de trabalho

Horas de contacto

ECTS

Biotecnologia Alimentar

Ciência e Tecnologia de Alimentos

Semestral

108

TP -3

4

Tecnologia das Carnes e do Pescado

Ciência e Tecnologia de Alimentos

Semestral

132

T -2; PL -2

5

Tecnologia dos Azeites e Gorduras Vegetais

Ciência e Tecnologia de Alimentos

Semestral

132

T -2; PL -2

5

Tecnologia dos Cereais

Ciência e Tecnologia de Alimentos

Semestral

132

T -2; PL -2

5

Tecnologia dos Vinhos

Ciência e Tecnologia de Alimentos

Semestral

132

T -2; PL -2

5

Inovação, Desenvolvimento e aproveitamento de Produtos Alimentares

Ciência e Tecnologia de Alimentos

Semestral

138

T -2; TP -2

5

           

2.º semestre

Unidades curriculares

Área científica

Duração

Horas de trabalho

Horas de contacto

ECTS

Gestão da Qualidade

Ciência e Tecnologia de Alimentos

Semestral

108

TP -3

4

Tecnologia dos Leites

Ciência e Tecnologia de Alimentos

Semestral

132

T -2; PL -2

5

Estágio em contexto laboral

Em qualquer uma das áreas científicas do curso

Semestral

360

TU -4

13

Marketing na Industria Alimentar

Economia Agrária e Sociologia Rural

Semestral

138

T -2; TP -2

5

Equipamentos e Instalações Industriais

Engenharia Industrial

Semestral

108

TP -3

4

 T- Teórica; TP- Teórico-Prática; PL- Prática Laboratorial; TU- Tutoriais; OT - Orientação Tuturial; ECTS - European Credit Transfer and Accumulation System.