Português English

 Informação geral  

Designação:

Tecnologia Alimentar

Área de formação:

541 - Indústrias Alimentares

Grau conferido:

Diploma de Técnico Superior Profissional

Duração:

2 anos letivos / 4 semestres

Departamento:

Departamento de Indústrias Alimentares (DIA)

Diretor de curso:

Dulcineia Maria Sousa Ferreira Wessel (ferdulcineiaesav.ipv.pt)

Regime letivo:

Diurno

Nº de ECTS para obtenção do grau:

120 Créditos

Áreas relevantes para o curso:

Biologia e Geologia, Fisico-Química e Matemática

Provas de ingresso:

Candidatura local

Código do estabelecimento / curso:

3185 / T117

Pré-requisitos:

Sem pré-requisitos.

Outras informações:

Atribuição de um diploma de Técnico Superior Profissional

 

Objetivos e competências

Conceber, planear, e executar de forma autónoma, ou sob orientação, processos tecnológicos de fabrico e o controlo da qualidade e segurança das matérias primas e da produção, a gestão de stocks e a análise físico-química e microbiológica de alimentos na indústria agroalimentar. Interpretar e coordenar as expetativas do consumidor e do mercado regional /nacional na formulação de novos alimentos.

 

Atividades principais

  • Coordenar os processos  tecnológicos de fabrico de alimentos sob orientação superior;
  • Gerir os processos de fabrico associados à transformação alimentar sob orientação superior;
  • Executar ensaios físico-químicos e microbiológicos a matérias primas e produto final;
  • Gerir o controlo da qualidade da produção alimentar sob orientação superior;
  • Monitorizar o frio comercial e industrial;
  • Melhorar os processos tecnológicos existentes na empresa;
  • Conceber a formulação de alimentos saudáveis;
  • Conceber novos produtos agroalimentares de cariz regional;
  • Respeitar e fazer cumprir as regras básicas de higiene, segurança e saúde e evitar acidentes;
  • Controlar os efluentes e resíduos da indústria alimentar;
  • Gerir e supervisionar de forma integrada equipas e equipamentos.

Plano de formação  

1º Ano

Unidade curricular

Horas de contacto

ECTS

Higiene, Segurança e Saúde no Trabalho

60

5

Estatística e Informática

60

5

Tecnologia de Produtos Hortofrutícolas e Cereais

75

6

Química de Processos Tecnológicos

60

5

Bioquímica Alimentar

60

5

Empreendedorismo e Comportamento Organizacional

45

4

Gestão da Produção Alimentar

45

4

Química Agroalimentar

90

7

Tecnologia de Produtos Lácteos

60

5

Técnicas e Equipamentos Laboratoriais

60

5

Qualidade e Segurança Alimentar

60

5

Tratamento de Efluentes Agro-Industriais

45

4

 

 

 

2º Ano

Unidade curricular

Horas de contacto

ECTS

Tendencias Atuais em Alimentação

75

6

Recursos Genéticos na Valorização e Inovação Agro-Alimentar

60

5

Operações e Equipamentos Industriais

60

5

Tecnologia do Frio Industrial

45

4

Tecnologia do Vinho e do Azeite

75

6

Tecnologia de Produtos Cárneos

45

4

Estágio

-

30

 

Áreas de educação e formação 

Áreas de educação e formação

ECTS

345 - Gestão e administração

4

441 - Física

4

442 - Química

17

482 - Informática na ótica do utilizador

5

541 - Indústrias Alimentares

70

621 - Produção agrícola e animal

5

726 - Terapia e reabilitação

6

851 - Tecnologia de proteção do ambiente

4

862 - Segurança e higiene no trabalho

5

 

Acesso a licenciaturas

Os alunos com aprovação em todas as componentes de formação do CTeSP, passarão a ser titulares de um Diploma de Técnico Superior Profissional em Tecnologia Alimentar, podendo candidatar‐se diretamente, através de um concurso especial, aos cursos de Licenciatura em Engenharia Agronómica e em Qualidade Alimentar e Nutrição da ESAV.


No âmbito do prosseguimento de estudos um conjunto alargado de unidades curriculares realizadas no CTeSP serão creditadas nos cursos de licenciatura referidos anteriormente.

 

Ingresso e candidaturas

 

Consultar edital específico de candidatura ao curso

 

 

Formação em contexto de trabalho 

 

A componente de formação em contexto de trabalho visa a aplicação dos conhecimentos e saberes adquiridos às atividades práticas do respetivo perfil profissional.

 

A componente de formação em contexto de trabalho (estágio) tem a duração de um semestre e está  assegurada através de protocolos que a ESAV estabeleceu com as entidades ou empresas da região de Viseu e em casos pontuais das regiões limítrofes.

 

Protocolos

  • Adega Cooperativa de Mangualde, CRL
  • Associação Apicultores Beira Alta
  • Avicasal- Sociedade avícola S.A.
  • Beiragel, S.A.
  • Cooperativa de Olivicultores de Nelas
  • Crizaves- Centro de Abate de Aves, S.A.
  • Deltagel- Produtos Alimentares, S.A.
  • Indumape- Industrialização de Fruta, S.A.
  • Lacticínios do Paiva, S.A.
  • Lactipedros Sociedade de lacticinios, S.A.
  • Marserra Alimentar, Lda
  • Novarroz-Produtos Alimentares, S.A.
  • Salsicharia Trancosense, Lda
  • Vines &Wines- consultores de Enologia, Lda
  • Padaria VARANDAS, ALMEIDA & LOPES, LDA
  • Cooperativa Agrícola de Mangualde, CRL